Dicas gerais de Nova York

0

Dicas de Nova York

O Destino Miami obviamente tem como foco principal Miami na Florida mas como muitos brasileiros que vem a Miami estendem a viagem a Nova York, passo aqui para deixar as minhas dicas de uma viagem ressente que fiz com minha família.

A primeira e mais importante dica é o local de hospedagem – Nova York está dividida em cinco bairros (boroughs) Manhattan, Brookling, Queens, Bronks e Staten Island. Mahattan é onde a maioria das atrações turísticas de NY estão localizadas portanto a escolhemos como local de hospedagem.
Para mim era imprescindível que o hotel estivesse bem localizado para que todos pudessem ter uma certa independência e poder ir e vir ao hotel sem maiores problemas. O hotel escolhido foi o Park Central na esquina da 56st com 7th Ave em Manhattan. Se existisse perfeição em forma de lugar, esse hotel seria a concretização da perfeição. Literalmente três quadras do Central Park, cinco quadras da Time Square, quatro quadras da 5Ave e Rockefeller Center e duas quadras da Broadway. Se tudo isso não fosse suficiente ainda tinha estações de metro para outras áreas mais distantes da cidade como SOHO, distrito financeiro e Chinatown.
Hoteis em Nova York
Como estava com meus pais foi muito conveniente pois eles podiam voltar para o hotel quando estavam cansados e o resto do grupo podia continuar sem precisar se preocupar em deixar-los sozinho. Ao redor do hotel encontramos uma boa variedade de restaurantes deste cafés para café da manhã ou lanche rápido há restaurantes de padrão médio e de luxo de diferentes cozinhas como a italiana, japonesa, americana, russa e muito mais.
Dicas de Nova York
Como se deslocar em Nova York – Nós optamos por pegar um taxi do aeroporto para o hotel pois como estávamos em quatro pessoas, saia mais em conta e mais conveniente do que sair arrastando malas pelos metros de New York. Custou $60 doláres mais gorjeta ($12). Os taxistas em Nova York esperam receber 20% de propina, portanto estejam preparados para o custo adicional. O trajeto durou aproximadamente 30 minutos pois chegamos a noite e durante a semana e não tinha muito trânsito. Durante o resto da viagem resolvemos fazer o passeio de ônibus Hop On, Hop Off (conto aqui nesse post) e pegar o metro ($2.95 cada trecho) como forma de locomoção em Nova York.
Dicas de Nova York
No caminho de volta para o aeroporto fomos de limosine pois meus pais queriam provar a experiência. Valeu muito a pena pois apesar de ser mais caro, o motorista foi muito simpático e nos mostrou um pouco da cidade e nos proporcionou vistas incríveis passando pela ponte que leva ao Queens e tem Nova York como fundo. No concierge do hotel custava $160 dólares pelo transporte de limosine mas conseguimos por $130 conversando com um dos porteiros do hotel.
Time Square Nova York
Aplicativos de celular que me ajudaram na viagem a Nova York – Dois aplicativos que me ajudaram muito nessa viagem foi o Around Me e o MetrO. O Around Me mostra estabelecimentos geograficamente localizados próximos ao ponto onde você se encontra dividido por categorias como atrações turística, restaurantes, bares, etc. Também contém um barra de buscas onde você pode pesquisar algo especifico como “restaurante brasileiro” e mostra recomendações de pessoas que já visitaram o lugar. Eu não tenho certeza se o Around Me está disponível na appStore do Brasil mas aqui nos EUA está sim e é gratuito.
O outro salvador da pátria foi o MetrO, aplicativo que mostra as rotas do metro de Nova York. Você precisa fazer o download da cidade que você vai visitar  anteriormente (tem rotas de metro de varias cidades do mundo). Uma fez concluído o download você entra o ponto onde está e onde quer ir e o aplicativo mostra a melhor rota inclusive dando direções para onde caminhar caso seja necessário.
A viagem foi curta mas sensacional. Nova York é uma daquelas cidades que você tem que visitar várias vezes para poder vê-lá em toda a sua grandiosidade. Fiquem de olho pois estarei postando nas próximas semanas o nosso roteiro de quatro dias, o passeio Hop On, Hop Off da City Sightseeing, dicas de hotéis e muitas fotos. Espero que as dicas ajudem vocês a aproveitarem a Big Apple.
Compartilhe

Sobre o Autor

Brasileira com orgulho, amante da cidade de Miami. Venho compartilhar com vocês o que aprendi nos últimos 12 anos morando em Miami e convida-los a dividir as suas experiências em Miami aqui no DM.

Deixe uma Resposta